contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

Advogados pedem o afastamento do presidente nacional da OAB

Ir em baixo

Advogados pedem o afastamento do presidente nacional da OAB

Mensagem por BALTAZAR em Seg 12 Dez 2011 - 14:06

Atualização às 14h15
Advogados pedem o afastamento do presidente nacional da OAB

(12.12.11)

Uma comitiva de advogados do Estado do Pará protocolou hoje (12) representação no Conselho Federal da OAB contra o presidente nacional da entidade, Ophir Cavalcante.

Um grupo, liderado por Jarbas Vasconcelos, presidente eleito e afastado da OAB do Pará, acusa Ophir de corrupção e improbidade. Também foram apresentados pedidos de afastamento do vice-presidente Alberto de Paula Machado e da secretária adjunta Marcia Regina Machado Melare.

A representação também é assinada por Alberto Antônio de Albuquerque Campos, vice-presidente da OAB-PA, que está no exercício da presidência da Seccional paraense.

Numa das ações noticiadas no pedido de afastamento de Ophir Cavalcante, ele é acusado de receber, há mais de 13 anos, vencimentos mensais de, atualmente, R$ 20 mil, como procurador do Estado do Pará, sem prestar serviços ao ente estatal. Pelos cálculos levados ao Conselho Federal, o dano ao erário estadual atinge atualmente quase R$ 1,5 milhão.

Ophir também é acusado de atender particulares para advogar contra os interesses do Estádo do Pará. A conduta é tipificada como patrocínio infiel.

Contraponto

A assessoria da presidência do CF-OAB informou que Ophir participa normalmente da sessão ordinária do Conselho (é a última do ano) e que só após seu encerramento se manifestará sobre o assunto.
Veja como o Espaço Vital revelou os antecedentes do caso.

1. Intervenção na Seccional da OAB paraense.

2. Pagamento indevido de salários a Ophir Cavalcante.

http://www.espacovital.com.br/noticia-26363-advogados-pedem-afastamento-do-presidente-nacional-oab

BALTAZAR

Mensagens : 30
Reputação : 1
Data de inscrição : 11/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum