contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
Não há nenhum usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

O modismo das palavras na política e na sociedade.

Ir em baixo

O modismo das palavras na política e na sociedade.

Mensagem por marcos a cavalcanti em Dom 8 Abr 2012 - 8:04


Provavelmente já tenha notado inúmeras vezes ao ler alguma notícia de jornal, aparecer alguma palavra nova que se desconhece o significado e é possível que para entendê-lo seja preciso procurar em algum dicionário, mas como nem sempre eles estão disponíveis naquele momento, podemos recorrer á própria internet.
Foi exatamente isto, que o autor de uma matéria teve que fazer diante da resposta de uma recepcionista de um hotel num telefonema que lhe informou o seguinte:
“Então senhor, logo estaremos lhe enviando o seu voucher”.
Voucher – sentido (1) responsável, fiador. (2) comprovante, prova. (3) recibo, certificado, certidão. (4) vale, ticket. Comprovar, dar recibo, certificado ou comprovante. Comprovar com documento.
Mais afinal, o que tem haver o modismo das palavras com assuntos políticos?
Aparentemente nada, mas numa ocasião lendo uma notícia relativa á política, o autor da matéria usou mais uma destas expressões da moda, ou seja: Atitudes Republicanas e evidentemente fui a procura do significado, que não é outro, senão indicar o comportamento politicamente correto de muitos em nossa sociedade.
Aliás, diga-se de passagem, que é mais um dos modismos utilizados por nossos políticos e demais autoridades.
Embora desnecessário explicar, atitudes republicanas nada mais é do que primar pela honestidade, pela ética e pela moral.
E vai mais longe, representa também, o desejo de se fazer da justiça, algo igualitário em toda sociedade.
Fora isso, imagine você, que hoje, não se deva usar adjetivos tais como, ladrão, vigarista, contraventor, bandido, criminoso, safado, aproveitador,cafajeste, entre outros, pois eles podem representar falta de etiqueta e educação, assim devemos nomeá-los como pessoas que optaram “por atitudes nada republicanas”.
De nada resolve continuar contextualizando tal expressão de forma positiva, mais também aplicá-la no comportamento negativo das pessoas, que neste caso, representa aqueles flagrados em situações nada republicanas, portanto o oposto dos significados acima.
Imagine como ficarão certas notícias:
Uma pessoa usou de atitudes nada republicanas, quando assaltou um cidadão na rua?
Pessoas de atitudes nada republicanas tem dinamitado cofres bancários nos últimos meses.
Motoristas alheios á atitudes republicanas são flagrados dirigindo alcoolizados.
Claro, isto é uma gozação.
Êpa! Gozação? É também uma expressão nada republicana!
Mais o que encontrei á respeito do tema, realçando sua forma negativa, foram posições de pensadores, onde muitos dos quais afirmam:
O que menos sobrevive hoje são os valores e atitudes republicanos.
Pensamente este, da professora Raquel Braga Lourenço, 40 anos, é mais pessimista:
“Hoje deveríamos escrever república de outra forma: ré-pública. Porque tudo que é público no Brasil anda para trás”, diz ela.
Além dela, pensa Bignotto:
“A democracia republicana deve estar atenta a valores como participação popular, atitudes cívicas e interesses públicos. É preciso ir além do interesse privado. Buscar algo em comum é um grande passo para alcançar valores republicanos”.
Os exemplos de atitudes republicanas vão desde ações do governo, como o orçamento participativo, pelo qual, o cidadão comum pode acompanhar os gastos do dinheiro público ou a iniciativas simples do dia a dia.
Entretanto, deixam de ser republicanas a forma como é tratada a corrupção no País, não exatamente esta, mais sim a impunidade.
Não republicana, são certos julgamentos como ocorreu recentemente por parte do STF ao inocentar um sujeito que se aproveitou de uma menor, porque a mesma estava no caminho da prostituição.
Nada republicanos são os inúmeros exemplos negativos que nossas televisões passam ás crianças e adolescentes em sua programação variada, fazendo apologia ao erotismo precoce.
Deixou de serem corretas, atitudes republicanas, quando em nome de supostas liberdades, prevalecem às libertinagens, inclusive aquelas permitidas por muitos pais, não se importarem, que seus filhos adolescentes mantenham relações intimas dentro ou fora de casa, desde que usem preservativos, já que este novo tipo de relacionamento é moderno?
Quantas outras atitudes não republicanas são adotadas indiscriminadamente em nossa sociedade, você deve conhecer muitas delas, certo?
Mas você pode ter certeza:
“Tudo que você contrariar em seus conceitos positivos de ética e moralidade, hoje não é nada republicano, quem as adota é somente um sujeito retrogrado, preconceituoso e revanchista”.
E falando de política, para encerrar:
Rui Barbosa um monarquista iludido com o ideal republicano, proferiu a célebre frase no seu tempo, permanecendo atual em nossos dias:
– “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. Essa tem sido a obra da República nos últimos anos.
Até quando?

marcos a cavalcanti

Mensagens : 89
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 72
Localização : Curitiba/Pr

http://marcaocapivari@ymail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum