contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

O Dia do Basta.

Ir em baixo

O Dia do Basta.

Mensagem por marcos a cavalcanti em Ter 17 Abr 2012 - 7:58

O tema de hoje é a reprodução parcial do artigo do jornalista paranaense Rhodrigo Deda, que acompanha os bastidores da politina em Brasília, acrescentado de outros fatos políticos de nosso jornal, que por hábito, começo á ler as 6 da matina ( irrelevante), para os quais, tomo a liberdade de dar meus “pitacos”:
Diz ele: Mais uma rodada de protestos contra a corrupção deve acontecer no próximo sábado, 21 de abril, quando, no Dia de Tiradentes, manifestantes organizam o “Dia do Basta” em 42 cidades do país. Em Curitiba, a manifestação está marcada para as 10 h, na Boca Maldita. Entre os objetivos do movimento estão o fim do foro privilegiado e a caracterização da corrupção como crime hediondo. Mesmo supondo que dezenas de milhares de cidadãos em todo o país estejam dispostos a sair de suas casas para participar dos protestos, por mais alto que o coro de manifestantes eleve sua voz, o evento não será mais que um recado para surdos.
-x-x-x-x-x-x-
Ora, imagino que evidentemente todos concordamos que sem táticas contundentes e duradouras contra os maus políticos brasileiros, essas manifestações correm o risco de tornarem-se tradições folclóricas, exceto que os novos movimentos sociais em formação fortaleçam os laços entre os manifestantes, tornando-os um grupo mais coeso e entrosado e, quem sabe, de alcance nacional., com a intenção de realizar mudanças genuínas, para melhorar a cultura política brasileira eles terão de organizar suas ações no dia a dia da discussão política do país. Uma delas, escolher por lutar por transparência e fácil acesso da informação pública. Podem contribuir para a fiscalização das instituições, mas...
E como vocês sabem, sempre existe um mas...
Haja vista que o Brasil sedia hoje e amanhã a primeira conferência anual da Parceria para o Governo Aberto em Brasília, vai contar com a presença da secretária Hillary Clinton, e tem como pano de fundo a tentativa dos Estados Unidos de chancelar o país como liderança na área de transparência orçamentária, acesso a dados públicos e participação social.
Outro mas...
A Lei de Acesso á Informação, ainda depende de regulamentação e que, a menos de um mês da entrada em vigor dela, o governo ainda não redigiu um decreto sobre o tema e esta falta de regulamentação deve atrapalhar a execução da lei, principalmente em estados e municípios.
Mas...Infelizmente para tal evento e participação da sociedade entidades civis deveriam participar do mesmo, mas...
“A Transparência Brasil e Contas Abertas, foram dele excluídas.
Então, mas... só podemos dizer que a participação da sociedade civil está gravemente comprometida.”
Mas...o dia do basta, pode ajudar o debate sobre o voto de qualidade, já que neste ano teremos eleições municipais, assim pode-se evitar que os maus políticos se reelejam, pois, não faltou aos eleitores, denúncia do mau comportamento dos mesmos, bem como, nos protestos deste dia, sejam inseridos novos participantes que ainda não foram cooptados por partidos e governos, como aconteceu com diversos outros movimentos.
Mas... espera-se portanto, que não irão aceitar resignados a política do “toma lá da cá”, as fichas sujas na vida pública, nem ficarão passivos frente a notícias de desvios de recursos públicos.
Mas...espera-se também, segundo o jornalista, que estes novos participantes sejam habilidosos no mundo das redes e utilizam o seu potencial agregador o máximo que podem. Lidam com informações públicas de sites de transparência com desenvoltura. Se optarem por gastar tempo e energia também em atividades que mudem a cultura do voto, que forneçam informações sobre os atuais ocupantes de mandato e os novos pretendentes a cargos, certamente colherão melhores frutos no campo político. Ações dessa natureza são mais eficazes que tirar o sábado ou feriado para pedir que os próprios políticos façam a mudança.
Disso tudo fica uma certeza – a energia criativa dos novos manifestantes pode ser o propulsor de uma nova realidade política. Entretanto, apesar de todo esse potencial, os objetivos dos protestos acabam sendo muito limitados. Pede-se que os legisladores façam todo o trabalho. Pede-se que sejam aprovadas leis que acabem com o foro privilegiado ou tornem corrupção crime hediondo. No fundo, os manifestantes querem que os políticos acabem com a corrupção.
-x-x-x-x-x-x-
Mas...Como se sabe, motivos não faltam, todos os dias aparecem novos escândalos. Um deles, encontrei numa reportagem de hoje intitulada: Os tentáculos do poder, confirmando o seguinte:
A corrupção costuma tomar a forma de um polvo, cujos múltiplos tentáculos, de tão “democráticos”, fazem questão de não diferenciar políticos, facções ou ideologias dentre os vários alvos que remexem em busca do lucro fácil, imoral e ilegal. A nível federal, o caso do bicheiro Carlinhos Cachoeira mantinha negócios escusos com representantes do governo negociando isto com o senador Demóstenes Torres.
Outra notícia é não esquecer a denúncia que pesa contra a ministra Ideli Salvatti, no caso que envolve a compra de lanchas, pois suspeita-se que a empresa fez contribuições á sua campanha para o governo de Santa Catarina.
Mas...em suma, para corruptos e corruptores, o jogo é um vale-tudo permanente, amplo, geral e irrestrito.
Mas... no meu entender, embora não tenha procuração e nem o desejo de defender o atual governo, pelo que tenho lido por aí, especialmente par parte de mídias imparciais, é que o dito PIG, teve participação na montagem do escândalo do mensalão do PT, patrocinada na ocasião pelo senador Demóstenes, atendendo uma montagem esperta do Cachoeira, cujo espetáculo midiático foi divulgado na revista Veja, tradicionalmente agindo nestes casos, demonstrado e provado á sociedade que ela faz parte deste partido golpista, que vem tentando derrubar tanto o ex e atual governo federal e outros do mesmo partido nos estados.
Mas...cabe aos demais concordar ou não?
Mas...Os tentáculos do poder, estiveram presentes aqui no Paraná, pois, houve o caso amplamente divulgados batizado como “Diários Secretos”, onde nomeou-se inúmeros funcionários fantasmas em nossa Assembleia Legislativa, por conta do ex- diretor-geral, Abib Miguel (o Bibinho), que por lá permaneceu por 20 anos, porém, na sequência se descobriu, que alguns deles, obviamente com melhores salários foram contratados pela nossa câmara municipal, sob a presidência de João Claudio Derosso, ele que também foi acusado de favorecer empresas de publicidades por 15 anos seguidos em sua gestão, onde milhões foram direcionados ás mesmas, com um detalhe, elas eram de propriedade de sua esposa e seu sogro, bem como, enquanto presidente contratou aqueles funcionários a pedido do ex-vereador Edhen Abib, irmão do Bibinho.
Mas... Agora o MP Estadual, impetrou ação, pedindo o bloqueio de bens destes três envolvidos, bem como, daqueles fantasmas, para garantir a reparação dos prejuízos causados aos cofres públicos.
Mas...vamos aguardar os resultados?
Ora, além do caso acima, certamente em todos os recanto deste País, a sociedade conhece os casos de corrupção, bem como, a experiência tem mostrado o desinteresse de boa parte da elite política em corrigir as distorções do sistema político brasileiro.
Mas...mesmo sendo de conhecimento público, também é conhecida a decepção da sociedade, porque todos os escandalos demoram ser julgados e até contemplam a "impunidade".
Mas.. de anda adianta acreditar que protestos esporádicos irão sensibilizar os políticos, estes não passam de uma ilusão romântica, mas....
Se quisermos melhorar a cultura política brasileira, não precisamos deixar de sair às ruas protestar, mas...
Definitivamente, fica tão claro e evidente para toda sociedade que teremos de realiza depois do dia do basta, tarefas muito mais complexas e trabalhosas do que tal movimento, a principal delas, certamente é não votar e nunca mais eleger os políticos corruptos.
Todo mundo sabe disso, então,
Mas... por enquanto basta.

marcos a cavalcanti

Mensagens : 89
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 72
Localização : Curitiba/Pr

http://marcaocapivari@ymail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum