contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

O que você tem haver coma corrupção?

Ir em baixo

O que você tem haver coma corrupção?

Mensagem por marcos a cavalcanti em Dom 22 Jul 2012 - 8:43

Foi recém-lançados esta semana o Movimento “Paraná sem Corrupção” do MP Estadual, somado à outro do Ministério Público Democrático chamado “Não Aceito a Corrupção” de alcance Nacional, alertando a sociedade em relação às conhecidas práticas ocorridas no poder público. Esses movimentos, tem a ênfase de focar na necessidade de se praticar a honestidade no dia a dia.
Não faltam exemplos de pessoas que se gabam de aderir ao famoso “jeitinho brasileiro” em diversas ações e situações, considerando-se mais espertas que as demais.
Os primeiros objetivos desses movimentos alem de reforçar a conscientização da sociedade como um todo, ele estará sendo dirigido especialmente ás crianças e adolescentes nas escolas na formação de bons hábitos, bem como, á rejeição á tais práticas desde cedo.
O segundo está relacionado á política, onde estas crianças e jovens que serão “ futuros eleitores”, portanto, que sejam menos tolerantes com qualquer tipo de corrupção na mesma e na garantia de renovação em seus quadros, bem como, os da administração pública, face á algumas realidades conhecidas, ou seja:
Os grandes escândalos envolvendo políticos ou membros do Poder Judiciário e amplamente divulgado pela imprensa revoltam boa parte dos brasileiros – em poucos casos, porém, a população vai às ruas para protestar.
O último protesto popular mais contundente ocorreu em 1992, onde a maioria dos cidadãos provavelmente se lembra do impea¬chment de Fernando Collor. Más para piorar as coisas, ele próprio agora foi reconduzido ao cargo de senador e mais:
Muitos dos responsáveis por desvio de verbas, vendas de votos ou quaisquer outros malfeitos com o dinheiro público acabam reconduzidos pela população a cargos eletivos, pois, proclamam em suas defesas que foram “absolvidos pelas urnas”.
Na verdade, muitos desses políticos ainda não tiveram uma condenação judicial em última instância e podem sempre invocar a presunção de inocência, por outro lado é assombroso que os eleitores depositem tanta confiança em homens públicos cujas ações mostram às vezes de forma inequívoca, seu envolvimento com ilícitos.
Assim infelizmente, por questões de irresponsabilidade do próprio eleitor, á cada eleição, o histórico de corrupção do candidato “ ainda conta pouco” na lista de prioridades da população.
Mas não é apenas com a “grande”corrupção, envolvendo o poder público, que muitos brasileiros são condescendentes. O dia a dia está repleto de pequenos atos de corrupção, que as pessoas preferem justificar com o famoso “jeitinho”, o que é uma injustiça com ele próprio.
Ele é considerado um talento sadio para contornar situações ou excessos dos regulamentos, que infelizmente não provocam consequências de ordem moral. O brasileiro reconhece que, em vários casos, existe certa “zona de conforto” entre o certo e o errado na qual é possível se mover.
Como mudar esta realidade, face ao seguinte exemplo:
Levantamento do jornal O Estado de São Paulo indica que, em todo o Brasil, o PSDB apoia a eleição de 188 candidatos a prefeito lançados pelo PT, e o PT, em contrapartida, apoia 155 tucanos. Aliança mais forte do PT, no entanto é com o PSB – que em Curitiba é apoiado pelo PSDB. Vá entender?
Realmente fica difícil, portanto, parece lógico que o único entendimento possível é que os partidos políticos estão demonstrando apenas uma realidade:
“Não importam mais suas “ideologias partidárias”, o que vale é permanecer no poder á qualquer custo, fato este que pode representar nada mais que outra corrupção”.
E de “jeitinho á jeitinho” o País vem vivendo, se levarmos em conta, o simples fato de que os políticos resolvem de forma favorável á si mesmos, estabelecer seus salários e demais mordomias, estendidas aos demais poderes, sob o suposto argumento de uma legalidade, adquirida pelo poder que a sociedade transfere á eles.
Assim sendo, façamos “agora” que tais movimentos produzam os resultados imediatos, , pois, não se sabe ainda, quantos anos ainda faltam, para que nossas crianças e jovens adquiram o “direito de votar”, portanto, somos nós que devemos promover as mudanças.

marcos a cavalcanti

Mensagens : 89
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 72
Localização : Curitiba/Pr

http://marcaocapivari@ymail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum