contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Ir em baixo

Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Mensagem por Admin em Qui 15 Dez 2011 - 8:39

http://br.finance.yahoo.com/news/Estudantes-brit%C3%A2nicas-rbr-863305768.html?x=0

Em quarta-feira 14/12/2011, às 12:50

Por Michael Holden

LONDRES, 14 Dez (Reuters) - Estudantes britânicos desesperados, com crescentes problemas de custos por conta das medidas de austeridade do governo, estão se voltando para a prostituição, os jogos de azar e outras atividades perigosas para financiar seus estudos, disseram líderes estudantis e de cooperativas de trabalhadores na quarta-feira.

A Cooperativa Inglesa de Prostitutas (ECP, na sigla em inglês), uma entidade que cuida das trabalhadoras do sexo, disse que o número de pessoas que procurou a organização em busca de ajuda dobrou no último ano, com estudantes se esforçando para cobrir as despesas.

"(O governo) conhece os cortes e os programas de austeridade e a remoção dos empréstimos, ele sabe que quando remove esses recursos empurra as mulheres para a pobreza", disse Sarah Walker da ECP à Reuters.

"O modo como as mulheres sobrevivem à pobreza geralmente é pela prostituição. O governo sabe disso e, francamente, não parece se importar."

Jovens foram os mais atingidos pela recessão econômica, com o desemprego juvenil agora totalizando 1,03 milhão dos 2,64 milhões de desempregados, o maior índice desde 1992.

No ano passado, o governo disse que iria se desfazer da Pensão para a Educação, um subsídio para estudantes adolescentes para ajudá-los a permanecerem na escola, e permitiu que as taxas de mensalidade subissem para 9.000 libras (14.000 dólares) por ano a partir de 2012.

Com empregos de meio período escassos e o custo de vida apertado pela inflação, a União Nacional dos Estudantes (NUS) disse que os jovens estavam adotando medidas desesperadas e perigosas para pagar por sua educação.

TRABALHO PERIGOSO

"Em alguns casos é a prostituição, mas também escutamos histórias de testes como cobaia em clínicas, jogos de azar... atividades perigosas, em que praticamente não há nenhum tipo de direito trabalhista", disse Estelle Hart, da NUS.

"Você sempre escuta que é muito fácil conseguir um trabalho em um bar. Bem, não é fácil conseguir trabalho em bar nesse clima econômico, não é fácil conseguir trabalho nenhum."

Um estudo feito por pesquisadores de uma universidade londrina, publicado no ano passado, mostrou que 16 por cento dos alunos estavam dispostos a se prostituir para pagar sua educação e 11 por cento iria trabalharia para agências de acompanhamento.

Hart disse que um estudo recente da Universidade de Leeds, no norte da Inglaterra, revelou que 25 por cento das strippers eram estudantes Ela disse que o governo tinha o dever de investigar quais eram os efeitos de suas mudanças e cortes nos orçamentos da educação.

A cooperativa das prostitutas disse que mulheres de todas as idades estavam sendo afetadas.

"Com a prostituição você pode trabalhar por talvez uma noite por semana e conseguir dinheiro para cobrir suas despesas", disse Walker.

O governo disse que estava providenciando 180 milhões de libras por ano para ajudar as adolescentes mais vulneráveis, e que nenhum estudante teria que pagar adiantado por seus estudos.

"Nossas reformas tornarão o sistema ainda mais justo, com mais apoio financeiro e menos mensalidades para pagar o empréstimo quando se conseguir um emprego bem remunerado", disse um porta-voz do Departamento para Negócios, Inovação e Habilidades do governo.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 95
Reputação : 31
Data de inscrição : 08/12/2011
Idade : 118

http://livrearbitrio.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Mensagem por Vaticinio em Qui 15 Dez 2011 - 12:39

Esse filme já foi visto no Brasil e no resto da America Latina nas duas décadas anteriores, chama-se neoliberalismo.

Vaticinio

Mensagens : 7
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Mensagem por Mirela em Qui 15 Dez 2011 - 13:52

falar sobre prostituição é dificil!
não sei como essas mulheres chegaram a esse ponto .Muitas é porque gostam outras é porque precisam de dinheiro.
existem mulheres que se prostituem sem cobrar nada....Cada caso é um caso!
é um tema dificil de entender e dificil de se explicar... No
Europa está falida!
Os gregos estão saindo da Grécia,espanha e vindo para os países de esquerda (america Latina) procurar trabalho.
Quem diria Hein!! silent
avatar
Mirela

Mensagens : 13
Reputação : 3
Data de inscrição : 13/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Mensagem por Vicentinho em Qui 15 Dez 2011 - 16:05

Mirela escreveu:existem mulheres que se prostituem sem cobrar nada....Cada caso é um caso!

Isso não é prostituição Mirela. pirat

Vicentinho

Mensagens : 18
Reputação : 4
Data de inscrição : 12/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum