contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 149 em Seg 2 Set 2019 - 21:53
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
marcos a cavalcanti (89)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
JUVENCIO (79)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
Montenegro (62)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
Gilmor (62)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
Mariana (43)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
PINHO Cardoso (30)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
BALTAZAR (30)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
Carolzinha (23)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 
DaSilva (18)
Um pouco sobre a Wicca Vote_lcapUm pouco sobre a Wicca Voting_barUm pouco sobre a Wicca Vote_rcap 

contador
contador gratuito de visitas

Um pouco sobre a Wicca

Ir em baixo

Um pouco sobre a Wicca Empty Um pouco sobre a Wicca

Mensagem por Herzog em Ter 20 Dez 2011 - 6:49

A Wicca é uma religião em que não existem livros sagrados, nem profetas a justificá-los, hierarquia ou dogmas. Não faz apelo a uma fé única e exclusiva, não tem mandamentos e promove acima de tudo o respeito e a diversidade. Não é também um sincretismo religioso porque vários sincretismos são possíveis. é uma escolha pessoal para aqueles que sentem que a sua percepção do sagrado não só não se enquadra nos esquemas tradicionais como é algo demasiado individual para se sujeitar a conjuntos de regras e crenças que outros determinaram.
As poucas regras existentes na Wicca têm um caráter essencialmente funcional e são vistas não como mandamentos de qualquer divindade ou profeta iluminado, mas como simples normas de relacionamento entre pessoas que partilham interesses comuns. São apenas alguns princípios genéricos ligados a valores ecológicos e individuais de largo consenso e à liberdade de expressão da religiosidade como é sentida e recriada por cada um. O seu espírito está bem patente na regra básica "Faz o que quiseres desde que não faças mal", a única regra que todos os membros da Wicca procuram seguir.
A Wicca tem a sua maior implantação nos países anglo-saxônicos, onde a longa tradição democrática e o Protestantismo permitem um maior individualismo - chamando a estes praticantes de Bruxos Solitários. E para além das práticas individuais, os wiccanos agrupam-se em pequenos núcleos, tradicionalmente de 13 pessoas - ao qual chamamos de Coven. Cada Coven possui as suas regras e tradições; e ainda podem juntar-se em grandes encontros. Nestes encontros estendem-se ao campo religioso os princípios de liberdade de expressão e de associação já há muito aplicados em outros setores da sociedade. Ao contrário de outras religiões e de outras organizações, não existe aqui uma estrutura hierárquica nem uma autoridade central.
Os wiccanos recomendam àqueles que buscam a Arte, que aceitem esses poucos princípios básicos:
Nós praticamos ritos para nos alinharmos ao ritmo natural das forças vitais, marcadas pelas fases da Lua, e aos feriados sazonais.
Nós reconhecemos que nossa inteligência nos dá uma responsabilidade única em relação a nosso meio ambiente. Buscamos viver em harmonia com a Natureza, em equilíbrio ecológico, oferecendo completa satisfação à vida e à consciência, dentro de um conceito evolucionário.
Nós damos crédito a uma profundidade de poder muito maior que é aparente a uma pessoa normal. Por ser tão maior que ordinário, é às vezes chamado de "sobrenatural", mas nós o vemos como algo naturalmente potencial a todos.
Nós vemos o Poder Criativo do Universo como algo que se manifesta através da Polaridade - como masculino e feminino - e que ao mesmo tempo vive dentro de todos nós, funcionando através da interação das mesmas polaridades masculina e feminina.
Não valorizamos um acima do outro, sabendo serem complementares.
Nós reconhecemos ambos os mundos exterior e interior, ou mundos psicológicos - às vezes conhecidos como Mundo dos Espíritos, Inconsciente Coletivo, Planos Interiores, etc. - e vemos na interação de tais dimensões a base de fenômenos paranormais e exercício mágico.
Não negligenciamos qualquer das dimensões, vendo ambas como necessárias para nossa realização.
Nós não reconhecemos nenhuma hierarquia autoritária, mas honramos aqueles que ensinam, respeitamos os que dividem maior conhecimento e sabedoria, e admiramos os que corajosamente deram de si em liderança.
Nós vemos religião, mágica, e sabedoria como sendo unidas na maneira em que se vê o mundo e se vive nele - uma visão de mundo e filosofia de vida, que identificamos como Bruxaria ou o Caminho Wiccano.
Chamar-se "Bruxo" não faz de você um Bruxo - assim como a hereditariedade, ou a coleção de títulos, graus e iniciações.
Um Bruxo busca controlar as forças interiores, que tornam a vida possível, de modo a viver sabiamente e bem, sem danos a outros e em harmonia com a Natureza.
Nós reconhecemos que é a afirmação e satisfação da vida, em uma continuação de evolução e desenvolvimento da consciência, que dá significado ao Universo que conhecemos, e a nosso papel pessoal dentro do mesmo.
Nossa única animosidade acerca da Cristandade, ou de qualquer outra religião ou filosofia, dá-se pelo fato de suas instituições terem clamado ser "o único verdadeiro e correto caminho", e lutado para negar liberdade a outros, e reprimido diferentes modos de prática religiosa e crenças.
Não nos sentimos ameaçados por debates a respeito da História da Arte, das origens de vários termos, da legitimidade de vários aspectos de diferentes tradições.
Somos preocupados com nosso presente e com nosso futuro.
Nós não aceitamos o conceito de "mal absoluto", nem adoramos qualquer entidade conhecida como "Satã" ou "o Demônio" como defendido pela Tradição Cristã.
Não buscamos poder através do sofrimento de outros, nem aceitamos o conceito de que benefícios pessoais só possam ser alcançados através da negação de outros.
Trabalhamos dentro da Natureza para aquilo que é positivo para nossa saúde e bem estar.
Herzog
Herzog

Mensagens : 13
Reputação : 5
Data de inscrição : 13/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum