contador
contador gratuito de visitas
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de livrearbitrio em seu site de social bookmarking

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 63 em Sex 29 Mar 2013 - 11:42
Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês

Top dos mais postadores
Admin (95)
 
marcos a cavalcanti (89)
 
JUVENCIO (79)
 
Montenegro (62)
 
Gilmor (62)
 
Mariana (43)
 
PINHO Cardoso (30)
 
BALTAZAR (30)
 
Carolzinha (23)
 
DaSilva (18)
 

contador
contador gratuito de visitas

Qual o partido que deve governar o Pais em 2014

Ir em baixo

Qual o partido que deve governar o Pais em 2014

Mensagem por marcos a cavalcanti em Seg 16 Set 2013 - 17:45


As manifestações dos últimos meses trouxe o seguinte resultado:
“Mais de 70 mil pessoas sugerem mudanças no sistema político brasileiro”
“Se você quiser saber quais, acesse o site http://www.em.com.br”
O Brasil tem um sistema político pluripartidário que admite a formação legal de vários partidos, que são uma associação de pessoas que compartilham os mesmos ideais, interesses, objetivos e doutrinas políticas, que tem como objetivo influenciar e fazer parte do poder.
Realmente o nosso sistema político, como acima definido, atualmente tem mais de 30 partidos, que supostamente dizem defender os diversos interesses do povo brasileiro, mas...

a)- Eles apresentam projetos e programas, entretanto não os cumprem integralmente;
b)-O que todos eles vem cumprindo integralmente é fazer parte do poder, tanto como base aliada ou oposição. Aparentemente o PSDB, DEM e PPS, se dizem oposição, entretanto, nas últimas eleições se tornaram aliados em alguns estados e municípios e farão o mesmo em 2014.

c)-Nenhuma novidade é mesmo? Pois ao longo do tempo, a maioria dos políticos, depois de eleitos, age a favor de seus interesses, bem como, de grupos poderosos que patrocinaram suas campanhas.
Foi em razão á tudo isto que houveram as manifestações, bem como:
1)-Ficou claro o papel das redes sociais que trouxeram ao Brasil características de outros países do mundo.
2)Enfatizaram o papel da juventude que não era visto desde o movimento dos caras pintadas.
3)Os manifestantes não queriam a participação de nenhum partido, pois são contra o atual sistema político vigente no país e principalmente contra a corrupção.

4)As manifestações também representaram uma democratização dos espaços públicos e midiáticos, pois a rua é o único espaço que a mídia não pode controlar e é o local onde a democracia pode ser exercida em sua plenitude. Lamentavelmente os meios de comunicação, preferiram dar destaque ao vandalismo que ocorreu, que evidentemente não foi o propósito dos movimentos.

Em que pese que boa parte da sociedade não esteja satisfeita com o atual governo, más quem acompanha a política, percebe claramente, que apesar de faltar “um ano” para as próximas eleições, todas as movimentações de partidos e políticos, tem por objetivo, manter as mesmas condições acima citadas.
Veja como é interessante o nosso sistema político. É muito parecido com o Conceito de Oligarquias:

Este tipo de governo, a oligarquia, é comumente responsável por políticas que normalmente são geridas para conseguirem-se benefícios baseados em interesses comuns ao grupo ao qual pertencem, deixando de fora outros interessados sejam eles quais forem e que se não pertencem a este reduzido grupo, não usufruem das vantagens conseguidas pelo mesmo.
O monopólio da política e até mesmo da cultura de uma nação, ainda que seja democrática, é na sua maioria inerente daquilo que conhecemos por oligarquia, ou seja, este sistema político social que é dominado por uma elite poderosa, apoiada igualmente por mídias de igual poder, onde a participação de cidadãos comuns é rechaçada e o povo fica de fora de tudo aquilo querem manter.

A questão final: No Brasil existe de fato a falta de recursos para suprir as necessidades do povo?
Não. O que existe é a má gestão destes recursos, além é claro, de desvios dos mesmos por parte de políticos inescrupulosos de todas as esferas do poder, independente de partidos.

marcos a cavalcanti

Mensagens : 89
Reputação : 8
Data de inscrição : 27/03/2012
Idade : 73
Localização : Curitiba/Pr

http://marcaocapivari@ymail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum